Saiba tudo sobre a nova placa Mercosul e como fica a numeração de seu carro

A nova placa Mercosul no país já é obrigatória e a sua mudança em todo o Brasil está acontecendo de forma gradual. Mas você sabe o que a placa padrão Mercosul significa e como ela lhe afeta? Neste artigo, você ficará por dentro de todas as questões que envolvem a nova placa Mercosul. Entenda o porquê dessa mudança, as suas obrigações e esclareça como ficará a numeração do seu carro. Confira:

Nova Placa Mercosul: Você sabe o que é?

A Nova Placa Veicular é o novo padrão de identificação de veículos no Brasil, resultado de um acordo firmado em 2014, entre Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai.  O objetivo da adoção da nova placa é padronizar e facilitar a identificação dos veículos nos países vizinhos e garantir mais segurança contra falsificações e fraudes. Esse novo modelo já é utilizado na Argentina e no Uruguai.

Leia também: CRLV digital agora é obrigatório: aprenda como baixar e usar o documento

No Brasil, quando a nova placa Mercosul entrou em vigor?

Após diversos adiamentos e controvérsias, finalmente, a placa está em vigor no país. Em 2014, havia sido estabelecido no Brasil que a lei entraria em vigor a partir de 2016. Em 2016, o prazo foi adiado para o ano seguinte. Em 2017, postergado por tempo indeterminado.

Em 2018, o cronograma foi retomado. A troca das placas começou em setembro no estado do Rio de Janeiro e seguiu gradualmente por todo o Brasil desde o início de 2019.

No dia 28 de julho de 2019, foi definido pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) que a data para início da obrigatoriedade do uso da placa seria 31 de janeiro de 2020. Desde então, ela é obrigatória em todo o território nacional.

O padrão já foi implantado no Uruguai e Argentina, e, em breve, também estará em vigor no Paraguai e na Venezuela. No entanto, isso não necessariamente significa que você já precisa trocar a sua placa. Continue lendo e veja se você se enquadra em algum dos critérios a seguir.

Entenda o que muda na nova placa Mercosul e como ficará a numeração do seu carro:

O que muda no novo padrão adotado?

Nova Placa Mercosul – Letras e números

A nova placa possui mais tecnologia e elementos de segurança. Ao invés de 3 letras e 4 números, como é atualmente, as novas placas têm 3 letras, 1 número, 1 letra e 2 números (BRA 3A18).

É importante dizer também que os números e letras poderão ser dispostos de maneira aleatória. Na Argentina, por exemplo, adotou-se um padrão “LL NNN LL” (sendo L para letras e N para números), a fim de se evitar formação de palavras. No caso do Brasil o padrão inicial será “LLL NL NN” para carros e “LLL NN LN” para motos. O último dígito continua sendo um número, devido à aplicação do rodízio veicular na cidade de São Paulo.

Nova Placa Mercosul – Cor

Diferentemente do que ocorre com nossas placas atuais, que sofrem alterações na pintura de fundo, as novas diferenciam o tipo de veículo pela cor dos dígitos de identificação. 

  • Preto: carros particulares
  • Vermelho: táxis, veículos comerciais e de autoescola
  • Azul: carros oficiais
  • Verde: carros de teste
  • Dourado: carros diplomáticos
  • Prateado: modelos de coleção 

Nova Placa Mercosul – Localidade

O nome do país está na parte superior da placa, sobre uma barra azul. O estado e o município estão na lateral direita, acompanhados dos respectivos brasões.

Nova Placa Mercosul – Tamanho

A nova placa tem as mesmas medidas do modelo antigo: 40 cm de comprimento por 13 cm de largura.

Leia também: IPVA 2020: quando pagar, quanto pagar e principais dúvidas

Placa Mercosul – Segurança

A nova placa Mercosul possui um QR Code, gerado pelo Serpro, que armazena informações sobre o fabricante, data da fabricação e o número serial da placa. O código bidimensional pode ser lido por aplicativo, disponibilizando aos agentes de trânsito dados do veículo, do proprietário, do fabricante e do estampador da placa.

Placas Mercosul – Motos

As placas de motos seguem o mesmo padrão das placas de carros, mudando apenas a dimensão, que é 20 cm x 20 cm.

Quais são as vantagens da nova Placa Mercosul?

A nova placa Mercosul garante mais segurança e comodidade para o motorista. Como falado anteriormente, os novos itens de segurança minimizam a ocorrência de fraudes e falsificações, como a clonagem de placas.

A integração em um único sistema, pelo Serpro, de todas as etapas necessárias para a emissão de placas de veículos, permite uma fiscalização mais eficiente pelas autoridades de trânsito e mais agilidade no processo de transferência e emplacamento de veículos. Importante mencionar também que o credenciamento e o controle dos fabricantes e das empresas estampadoras das novas placas de identificação veicular pelo Denatran evitam a ocorrência de irregularidades.

Todos os proprietários de veículo deverão fazer a transição para a nova placa mercosul?

A placa no novo padrão está sendo implementada em modelos zero quilômetro e em veículos que estejam em processo de transferência de município e de propriedade, ou quando houver a necessidade de troca da placa por outro motivo semelhante.

Os proprietários de veículos já em circulação podem escolher se querem antecipar a troca da placa para o novo padrão.

Quais são os valores da nova placa mercosul?

Os valores de emplacamento continuam a cargo de cada Departamento de Trânsito (Detran) no país e variam de estado para estado. Em Santa Catarina, o par das placas custa R$200,00 (o dobro do valor da placa antiga) e em alguns casos o motorista ainda precisará pagar uma taxa de R$151,44.

Gostou do nosso artigo? Então não deixe de compartilhar com seus amigos nas redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1
Olá, tudo bem? Como podemos ajudar? :)
Powered by