As multas de trânsito que você provavelmente não conhece

As multas de trânsito podem causar grandes complicações para quem costuma dirigir desatento. Algumas multas como avançar o sinal, transitar em alta velocidade e dirigir alcoolizado, são muito conhecidas entre os motoristas. No entanto, algumas práticas corriqueiras também são consideradas multas de trânsito e a gente nem sabe.

Infelizmente o Código de Trânsito Brasileiro não é um assunto que todos os motoristas dominam. Muitas dúvidas sobre multas de trânsito cercam os motoristas, principalmente sobre as mais novas.

O Contran (Conselho Nacional de Trânsito) é o órgão responsável por estabelecer e decidir quais são as multas de trânsito que compõe o Código de Trânsito Brasileiro, bem como as consequências das infrações. As multas de trânsito são divididas em gravíssimas, graves, médias e leves. Essas multas resultam em perda de pontos na carteira e até a apreensão e suspensão da habilitação.

Pensando nisso, separamos algumas multas de trânsito muito curiosas e que talvez você possa cometer sem nem saber que elas existem. Vamos lá?

Lei também: O que faz um despachante de veículos e documentarista?

1 – Ficar com o veículo parado por falta de combustível

Deixar o veículo parado sem combustível na pista, pode render ao motorista a perda de 4 pontos na carteira, remoção do veículo e multa. Por isso, vale a pena ficar de olho no combustível e aos cuidados básicos com o seu veículo.

2 – Circular pelas ruas com som alto

Andar por aí com o volume do som acima do permitido é uma multa de trânsito considerada grave! Caso o motorista seja pego com o som acima do permitido, terá de pagar uma multa e ainda perderá 5 pontos na carteira.

3 – Estacionar longe da calçada

A distância entre o veículo parado e a calçada, caso esteja fora dos padrões estabelecidos por lei, também pode gerar multa. O que as pessoas geralmente não sabem é que estacionar muito distante do meio fio (uma distância maior do que um metro) é considerado uma multa de trânsito grave, e você corre o risco de perder 5 pontos na sua carteira.

4 – Postura ao dirigir

O Código de Trânsito Brasileiro exige que o motorista dirija o carro com as duas mãos sempre ao volante, e com roupas adequadas. Sendo assim, dirigir com o braço para fora gera multa, bem como dirigir com calçados que não dão firmeza para o pé ou que comprometem a precisão dos movimentos nos pedais, como chinelos, por exemplo.

5- Películas nos vidros

Existe uma série de regulamentações relativas a colocação de películas (insulfilm) nos para-brisas dos veículos. É preciso ter 75% de transparência no vidro dianteiro e 28% no traseiro. Nos vidros laterais, esse índice pode ser de até 70%. Não estar de acordo com essas normas gera multa, perda de pontos e retenção do veículo até a retirada da película.

Leia também: Tudo o que você precisa saber sobre licenciamento de veículos.

6 – Seguir os veículos de emergência

Viaturas de polícia e ambulâncias são alguns dos chamados “veículos de emergência”. É natural que os motoristas abram caminho para dar passagens a esses veículos. No entanto, os que se aproveitam desse espaço para passar também, estão cometendo uma infração grave, sujeitos a multa e 5 pontos perdidos na carteira.

7 – Itens de Segurança

Triângulo em ordem, estar com o reservatório do para-brisa abastecido com água e portar estepe, chave de roda e macaco são exemplos de itens de segurança obrigatórios nos veículos. O mesmo vale para os espelhos, buzina, limpador de para-brisa, cintos de segurança e pneus. Não estar em dia com todos esses itens é passível de multa de perda de pontos.

8 – Transportar animais

A multa de trânsito só é válida caso o animal esteja à esquerda do condutor ou entre suas pernas. Nesse caso, a multa é 4 pontos na carteira.

9 – Carro Zero KM sem placa

Segundo o Contran, o comprador do carro 0 km tem até 15 dias a partir da data de saída na nota fiscal do veículo, para realizar o emplacamento. Mas o que muitos não sabem é que o carro só pode rodar do pátio da fábrica/ concessionária até o órgão de trânsito do município, ou seja, é proibido circular à noite e durante os fins de semana. A multa de trânsito é de sete pontos na habilitação

Leia Também: Baixa definitiva, como funciona e como fazer do seu carro.

10 – Fumar ao dirigir

Não existe uma lei destinada especificamente a proibição de fumar enquanto se dirige. Mas, o artigo 252 do Código de Trânsito Brasileiro estabelece que é fundamental estar com as duas mãos no volante na hora da condução, o que é impossível enquanto se fuma. Além disso, os restos de cinzas do cigarro são jogados para fora do veículo em movimento, o que também se encaixa na lei que proíbe lançar qualquer coisa pela janela do carro. A multa para as duas infrações é a mesma. E resultam na perda de 4 pontos na carteira.

Agora que você sabe quais as situações que podem gerar multa e perda da sua habilitação, vale a pena redobrar a atenção no trânsito. Em caso de recurso de multa entre em contato com a gente, teremos prazer em auxiliar.

Ficou com alguma dúvida?
Estamos prontos para te auxiliar em qualquer dúvida. Emplacamento, licenciamento, renovação. Até a próxima!

2 thoughts on “As multas de trânsito que você provavelmente não conhece

  1. Pingback: Em quais países você pode dirigir com CNH brasileira? - Despachante Marcelino

  2. Pingback: Passo a passo: Como consultar multas no DETRAN SC - Despachante Marcelino

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1
Olá, tudo bem? Como podemos ajudar? :)
Powered by