Licenciamento de veículos: tudo o que você precisa saber

Estar com o automóvel e toda a sua documentação em dia, além de obrigatório, é de extrema importância para que você não sofre consequências nada agradáveis, como multas e até apreensão de veículo, por exemplo.

E para evitar esse tipo de situação, existe o licenciamento de veículos. Mas você sabe como tudo funciona? Hoje vamos falar sobre licenciamento de veículos: tudo o que você precisa saber. Vem com a gente!

O que é o licenciamento de veículos

De uma forma clara e objetiva, o licenciamento de veículos é a renovação anual obrigatória da documentação do carro, informando que o mesmo está apto para circulação. Esse é um processo para garantir que automóvel está dentro das normas do Detran e que pode trafegar livremente pelo território nacional.

Por isso, o licenciamento de veículos é obrigatório e de extrema necessidade. Estando com o CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo) em dia, você estará livre de multas e de ter o seu carro guinchado.

É importante não confundir: o licenciamento de veículos é um procedimento além do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e o Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre, o DPVAT.

Como funciona o licenciamento de veículos

Sabemos que a sua rotina é corrida e lembrar de tudo não é fácil, mas, existem algumas coisas que você precisa fazer para que o licenciamento de veículos saia como o esperado. Por isso, confira dicas para você ficar tranquilo e saber como deixar em dia o licenciamento de veículos.

Dica 1: o CRLV possui validade anual, ou seja, de ano em ano, você terá de renovar o licenciamento, para que sua documentação continue em dia e você utilize seu carro sem problemas. Mas se é anual, tem alguma data específica? Tem sim!

A data para fazer o licenciamento do carro é variável, você vai fazer de acordo o final da placa dele e muda em cada estado. Veja a tabela nos tópicos a seguir!

Dica 2: para que o licenciamento de veículos seja feito, você precisa estar com o IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) e o DPVAT (Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres) pagos. E atenção: se você tiver alguma pendência, como multas atrasadas, ou problemas judiciais, não conseguirá fazer o licenciamento.

Dica 3: você pode realizar o licenciamento tanto presencialmente, quanto pela internet. Se você tem uma rotina muito atarefada, fica aí uma solução que poupará seu tempo.

Dica 4: em casos de roubo ou perda, você pode solicitar a segunda via do certificado de licenciamento, mas terá que pagar uma taxa para que isso aconteça e, não pode ter nenhum tipo de pendência.

Dica 5: mantenha sempre seus documentos regularizados! Se você for pego com os documentos atrasados ou irregulares, vai ter pontos aplicados em sua habilitação e ainda tem chances de ganhar multa. Melhor prevenir, do que remediar, não é mesmo?

Quando é preciso fazer o licenciamento de veículos

Para facilitar o entendimento e você saber de vez quando fazer o licenciamento de veículos e não deixar passar, vamos te mostrar como funciona. A data para você fazer o licenciamento de veículos varia de acordo o próprio automóvel, simples, né? Basta você verificar o final da placa do seu carro. Porém, esse tipo de regra varia de estado para estado. Confira, abaixo, a tabela para o estado de Santa Catarina. Se você tem o seu carro emplacado em outro estado, consulte junto ao Detran local as regras.

Tabela para o estado de SC:

Placa final 1 – até 31 de Março
Placa final 2 – até 30 de Abril
Placa final 3 – até 31 de Maio
Placa final 4 – até 30 de Junho
Placa final 5 – até 31 de Julho
Placa final 6 – até 31 de Agosto
Placa final 7 – até 30 de Setembro
Placa final 8 – até 31 de Outubro
Placa final 9 – até 30 de Novembro
Placa final 0 – até 15 de Dezembro

 

Quais os documentos necessários para fazer o licenciamento de veículos

Como quase toda ação, você precisará de alguns documentos para conseguir fazer o licenciamento de veículos. Veja o que você vai precisar para o licenciamento de veículos:

– Licenciamento do ano anterior

– Pagamento do seguro obrigatório do ano vigente

– Comprovante do pagamento do IPVA passado e atual

– Caso tenha multas, o comprovante de pagamento

– Recolhimento da taxa de licenciamento

Vale lembrar que assim como valores, a documentação também pode variar de acordo o estado e local em que você for fazer o licenciamento.

Leita também: Baixa definitiva: como funciona e como fazer a do seu carro

E você, já fez o licenciamento do seu veículo? Se ficou com alguma dúvida, escreva nos comentários pra gente!

Ah, e não esqueça de compartilhar o post nas suas redes sociais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1
Olá, tudo bem? Como podemos ajudar? :)
Powered by