Quais os documentos necessários para emplacamento de moto?

Se você está pensando em investir em uma moto, com certeza já parou para pensar em quais são os documentos necessários para emplacamento de moto. Bem, um dos primeiros itens a serem consultados pelo consumidor é o emplacamento. A placa é um sistema que identifica a moto e deve sempre estar em perfeitas condições, a fim de evitar problemas futuros. O processo do emplacamento não é nada complicado e, normalmente, bem rápido quando se contrata um despachante. Se você sabe quais os documentos necessários para emplacamento de moto, as chances de você resolver tudo em um curto espaço de tempo são grandes.

Vale destacar que, segundo o artigo 22 do CTB, registrar, emplacar e licenciar um veículo é responsabilidade do órgão executivo de trânsito do estado, ou seja, do Departamento Estadual de Trânsito (Detran). Quanto aos documentos de moto, o CTB não faz distinção com outros veículos. Ou seja, os documentos necessários para emplacamento de moto são os mesmos daqueles que são exigidos para qualquer outro tipo de automóvel.

Leia também: Saiba tudo sobre transferências de veículos

Sabemos que uma das coisas que mais trazem problemas para um veículo é o emplacamento irregular, por isso hoje vamos te ajudar a conhecer a legislação, entender como funciona o processo e saber quais os documentos necessários para emplacamento de moto. Evite ser penalizado por irregularidades, continue lendo o nosso artigo.

Você sabe o que é emplacamento e para o que ele serve?

O emplacamento de moto ou carro nada mais é do que a sua própria identificação. Este processo é realizado pelo DETRAN de cada estado ou despachante, e deve seguir uma ordem que é determinada nacionalmente. Aqui no Brasil, as placas de motos e carros estão sofrendo algumas alterações em suas formas e alguns estados, como o Rio de Janeiro, já oferecem o novo modelo de placa. As demais localizações ainda contam com o modelo de 3 letras seguidas de 4 números, sendo que a primeira letra varia conforme o estado em que o veículo foi emplacado.

Como fazer o emplacamento de moto?

Antes de qualquer documento ser emitido, tudo começa com o registro do veículo, obrigação disposta no artigo 120:
“Art. 120. Todo veículo automotor, elétrico, articulado, reboque ou semirreboque, deve ser registrado perante o órgão executivo de trânsito do Estado ou do Distrito Federal, no Município de domicílio ou residência de seu proprietário, na forma da lei. ”

Junto ao registro, é feito o emplacamento do veículo. A placa é um elemento de identificação externa importantíssimo, e sua integridade deve ser mantida. Uma informação que muita gente não sabe é que, no caso das motos e demais veículos de duas rodas, apenas a placa traseira é exigida.

O processo de emplacamento pode até parecer extremamente burocrático, mas é mais simples do que parece, principalmente se você contar a experiência de um bom despachante. Se é a primeira vez que você vai emplacar a sua moto, a solicitação deste processo deve partir diretamente do dono. Caso não seja possível ele pode, através de procuração reconhecida em cartório, transferir este direito para outras pessoas de sua confiança.

O interessado em realizar o emplacamento da moto ou carro deve comparecer ao Detran ou despachante de sua cidade para verificar quais são os documentos necessários para emplacamento de moto, procurar pela agência bancária e a área de Taxa de Serviços que, normalmente, está sediada no próprio órgão.

Após o pagamento das taxas, o proprietário ou pessoa autorizada deverá dirigir-se ao setor de Classificação de Placas para analisar e solicitar as combinações de letras e números da nova placa do seu carro ou moto. Caso você opte em contratar um despachante, saiba que o processo de emplacamento da sua moto será muito mais ágil e menos trabalhoso para o proprietário.

Leia também: Tudo o que você precisa saber sobre licenciamento de veículo

Quais os documentos necessários placa emplacamento de moto?

Para realizar o emplacamento, o condutor deve apresentar os seguintes documentos:

-RG; CPF; CNH, uma cópia do comprovante de residência, devendo este ter sido emitido nos últimos 3 meses e a 1ª via original da nota fiscal da concessionária com o decalque do chassi.

 

EXTRA: Saiba como consultar o documento de uma moto

Apesar de cada estado ter o seu próprio Departamento de Trânsito, o RENAVAM possui um código único e válido em todo o território nacional. Sua combinação exclusiva de caracteres garante que nenhum veículo tenha o mesmo código RENAVAM que o seu.

Com este número em mãos, você consegue obter muitas informações valiosas sobre o seu carro. Então, na hora de comprar um veículo que já teve um dono anteriormente, é importante ter em mãos para saber mais sobre o carro. Saiba como realizar esta consulta:

  1. Primeiramente é preciso ter o código RENAVAM do veículo em mãos;
  2. Então basta acessar o Site Oficial do Detran.
  3. Na página inicial terá a seção “Serviços Online”. Nela você irá avistar um campo escrito “Veículos”. Basta digitar ali as informações solicitadas. No caso, será preciso além do RENAVAM a placa do veículo.
  4. Processo finalizado! Agora, você será redirecionado para uma página com informações completas sobre o seu veículo. Será possível ter impostos, taxas, etc.

Gostou das nossas dicas a informações sobre os documentos necessários para emplacamento de moto e carros? Então, compartilhe em suas redes sociais. Nos vemos em breve.

2 thoughts on “Quais os documentos necessários para emplacamento de moto?

  1. Pingback: Emplacamento grátis? Isso não significa IPVA pago. Saiba porque - Despachante Marcelino

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1
Olá, tudo bem? Como podemos ajudar? :)
Powered by